Quantidade de leitores do nosso Feed

Receba nossas novidades digitando e cadastrando seu e-mail:


1 usuário navegando nesta página. Usuários: , 1 visitante,

Palestra sobre caridade + fé

Cracóvia (ou Krakow), nos dias de hoje.

Quando falamos de Espiritualidade, sentir a fé basta? Ou fazer a caridade é tudo o que mais importa? E se somarmos ambas, que diferença místico-ética pode haver?

Na próxima quinta-feira, 6/setembro/2012, às 20h, nosso irmão Clidenor Sousa palestrará sobre o tema “A fé e a caridade”. Abaixo, com grifos meus, a mensagem constante do capítulo XI, item 13, de O Evangelho segundo o Espiritismo”.

A fé e a caridade 

Disse-vos, não há muito, meus caros filhos, que a caridade, sem a, não basta para manter entre os homens uma ordem social capaz de os tornar felizes. Pudera ter dito que a caridade é impossível sem a fé. Na verdade, impulsos generosos se vos depararão, mesmo entre os que nenhuma religião têm; porém, essa caridade austera, que só com abnegação se pratica, com um constante sacrifício de todo interesse egoístico, somente a fé pode inspirá-la, porquanto só ela dá se possa carregar com coragem e perseverança a cruz da vida terrena. 

Sim, meus filhos, é inútil que o homem ávido de gozos procure iludir-se sobre o seu destino nesse mundo, pretendendo ser-lhe lícito ocupar-se unicamente com a sua felicidade. Sem dúvida, Deus nos criou para sermos felizes na eternidade; entretanto, a vida terrestre tem que servir exclusivamente ao aperfeiçoamento moral, que mais facilmente se adquire com o auxílio dos órgãos físicos e do mundo material. Sem levar em conta as vicissitudes ordinárias da vida, a diversidade dos gostos, dos pendores e das necessidades, é esse também um meio de vos aperfeiçoardes, exercitando-vos na caridade. Com efeito, só a poder de concessões e sacrifícios mútuos podeis conservar a harmonia entre elementos tão diversos. 

Tereis, contudo, razão, se afirmardes que a felicidade se acha destinada ao homem nesse mundo, desde que ele a procure, não nos gozos materiais, sim no bem. A história da cristandade fala de mártires que se encaminhavam alegres para o suplício. Hoje, na vossa sociedade, para serdes cristãos, não se vos faz mister nem o holocausto do martírio, nem o sacrifício da vida, mas única e exclusivamente o sacrifício do vosso egoísmo, do vosso orgulho e da vossa vaidade.
Triunfareis, se a caridade vos inspirar e vos sustentar a fé.
– Espírito protetor. (Cracóvia*, 1861.)

——————————

* Cracóvia: cidade situada no Sul da Polônia, fundada por volta do ano 700 e foi capital polaca, entre 1320 e 1596.
No ano em que a mensagem acima foi psicografada, Cracóvia fazia parte da Áustria (1846-1914).

Fonte da imagem

    This entry was posted in Palestras and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink. 2.551 visualizações.

    2 Responses to Palestra sobre caridade + fé

    1. Janio says:

      Gracias, E, por nos lembrar de virtudes que precisamos para nos sentir mais plenos!
      Abs.

    2. eugênia says:

      Janio,
      Para mim, um dos trechos mais tocantes de O Evangelhos Segundo o Espiritismo, sobre a caridade:
      #
      Tudo o que superexcita o sentimento da personalidade, destrói, ou pelo menos enfraquece, os elementos da verdadeira caridade, que são: a indulgência, a benevolência, a abnegação e o devotamento.
      #
      Paz e bem!
      E.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Postagens relacionadas