Quantidade de leitores do nosso Feed

Receba nossas novidades digitando e cadastrando seu e-mail:


1 usuário navegando nesta página. Usuários: , 1 visitante,

Página 7 de 191« Primeira...34567891011...Última »

Tema de quinta-feira 2/2

deus-mamom-e-o-evangelho-leonardo-pereira-26-638“(…) Qual, então, o melhor emprego que se pode dar à riqueza? Procurai nestas palavras: “Amai-vos uns aos outros”, a solução do problema. Elas guardam o segredo do bom emprego das riquezas. Aquele que se acha animado do amor do próximo tem aí toda traçada a sua linha de proceder. Na caridade está, para as riquezas, o emprego que mais apraz a Deus. Não nos referimos, é claro, a essa caridade fria e egoísta, que consiste em a criatura espalhar ao seu derredor o supérfluo de uma existência dourada. Referimo-nos à caridade plena de amor, que procura a desgraça e a ergue, sem a humilhar. (…)”

Espírito Cheverus, em 1861 – possivelmente foi o cardeal francês, arcebispo de Bordeuax, Jean-Louis Anne Madelain Lefebvre de Cheverus (1768-1836).

O trecho acima está em “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, no  capítulo XVI, item 11, dentro da mensagem EMPREGO DA RIQUEZA, que será o tema dessa quinta-feira, 2/fev/2017, às 19h50, com Maristher Fernandes.

Fonte da imagem

    Postado em Diversos | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 886 visualizações

    Perdoar, tema de 26/jan

    perdoarAlguém pode tê-lo magoado quinze anos atrás e você ainda não se conformou quanto ao que aquela pessoa lhe fez. Mas se for honesto consigo mesmo, talvez tenha magoado alguém quinze anos atrás e nem prestou atenção nisso nos últimos catorze anos. Somos mestres em ver o que os outros nos fizeram, mas nem tanto ao olhar o que talvez tenhamos feito aos outros.” (…) “…o perdão significa estender sua percepção do real até o Real (…). E, quando vê a Realidade, em si mesmo e nos outros, você ganha poder para evocá-la. Somos curados quando nos sentimos perdoados. Saramos na presença da compaixão. Se você realmente quer que alguém mude, o milagre está na habilidade de ver o quão perfeito ele(a) é.

    A sombra não vai embora quando é atacada, mas promove a cura quando é perdoada. Não removemos nossa máscara sombria na presença de alguém que nos culpa, mas na presença de alguém que diz: ‘Eu sei que isso não é você’. Milagrosamente saramos na presença de alguém que acredita em nossa luz, mesmo quando estamos perdidos em nossa escuridão. E, quando aprendemos a ver os outros na luz de seu verdadeiro ser, estando ou não sob essa luz, temos o poder de realizar esse milagre por eles.

    O perdão é uma ação, mas ele surge de uma postura. Pode ser difícil perdoar alguém cujo comportamento nos magoou, a menos que tenhamos baseado nossas percepções em um esforço constante para enxergar além da escuridão da personalidade.”

    Marianne Williamson in livro  “O Efeito Sombra” (Lua de Papel, 2010)

    Na próxima quinta-feira 26/jan/2017, às 19h50, a reunião trará como tema  “Sobre PERDOAR“, com Charlys Barbosa.

    Fonte da imagem

      Postado em Diversos | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 1.600 visualizações

      Tema de 19/jan/2017

      17400355_oA7fINinguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará a um e amará a outro,
      ou se prenderá a um e desprezará o outro.
      Não podeis servir simultaneamente a  Deus e a Mamon.” ( Lucas, 16:13).

      Nessa quinta-feira, 19/jan/2017, a partir das 19h50, Alcides Sousa palestrará sobre o tema “Não se pode servir a dois senhores“, que abre o capítulo XVI de “O Evangelho segundo o Espiritismo”.
      Alcides integra e coordena o Centro Espírita Lar dos Humildes, em Fortaleza.
      Lembramos que o atendimento fraterno e o grupo de estudos de “O Livro dos Espíritos” começam às 19h.

      P. S.: “Mamom” segundo o Wikipédia: Clique AQUI.

      Fonte da imagem

        Postado em Diversos | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 1.445 visualizações

        Palestra de 12/jan/2017

        caridade-e-o-amor“Se eu falar as línguas dos homens e dos anjos, e não tiver caridade, sou como o metal que soa, ou como o sino que tine.
        E se eu tiver o dom de profecia, e conhecer todos os mistérios, e quanto se pode saber; e se tiver toda a fé, até ao ponto de transportar montes, e não tiver caridade, não sou nada.
        E se eu distribuir todos os meus bens em o sustento dos pobres, e se entregar o meu corpo para ser queimado, se todavia não tiver caridade, nada disto me aproveita.
        A caridade é paciente, é benigna;
        a caridade não é invejosa, não obra temerária nem precipitadamente, não se ensoberbece, não é ambiciosa, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas
        folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo sofre.
        A caridade nunca jamais há de acabar, ou deixem de ter lugar as profecias, ou cessem as línguas, ou seja abolida a ciência.
        - Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade, estas três virtudes; porém a maior delas é a caridade.”
        (Paulo, Coríntios, 13:1-7 e 13).

        A necessidade da caridade, segundo Paulo” será o tema dessa quinta-feira, 12/jan/2017, a partir das 19h50, com reflexões de Reginauro Sousa.

        O atendimento fraterno e o grupo de estudos iniciam às 19h.

        Fonte da imagem

          Postado em Diversos | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 862 visualizações

          Primeira reunião de 2017

          5332028554_7bdd87e340_bFinal de 2016 chegando e rumo ao início da contagem dos dias em 2017, convidamos um palestrante para aprofundar conosco a pergunta mais adequada:
          “O que espero mudar em mim, durante o novo ano???”, no lugar de “O que espero 2017?”, parafraseando a personagem Mafalda, do argentino Quino.
          Por oportuno, o tema da primeira quinta-feira do ano novo será “2017: VOCÊ DECIDE”, com Walfrido Carvalho, no  dia 05/janeiro, a partir das 19h50.

          Fonte da imagem

            Postado em Diversos | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 791 visualizações

            Última reunião de 2016

            amar-o-proximo-como-a-ti-mesmoNessa quinta-feira 29 de dezembro, às 19h50, teremos nossa última reunião de 2016. O tema será O MAIOR MANDAMENTO, com Tom Trajano, que palestrará sobre a seguinte passagem do Evangelho:

            “Mas os fariseus, tendo sabido que Ele (Jesus) tapara a boca aos saduceus, se reuniram; e um deles, que era doutor da lei, foi propor-lhe esta questão, para o tentar:
            “Mestre, qual o grande mandamento da lei?”
            — Jesus lhe respondeu:
            Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu espírito.” — Esse o maior e o primeiro mandamento.
            E aqui está o segundo, que é semelhante ao primeiro:
            Amarás o teu próximo, como a ti mesmo. Toda a lei e os profetas se acham contidos nesses dois mandamentos.” (Mateus, 22:34 a 40.)

            Fonte da imagem

              Postado em Diversos | Tagged , , , , | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 551 visualizações

              Tema de 22/dez/2016

              fb_img_1445542565162Para possuir  a vida eterna, precisamos AMAR o Senhor e ao próximo como a si mesmo, mas o que seria e no que importa essa “vida eterna”? Como sabemos que estamos amando Deus e o próximo? Qual a diferença entre “amar” e “gostar”? O que é COMPAIXÃO?

              Nessa quinta-feira, 22/dez/2016, às 19h50, a PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO será o tema da noite, com Janio Alcantara, a partir da seguinte passagem do Evangelho:

               “E eis que se levantou um doutor da lei, e lhe disse, para o tentar: Mestre, que hei de eu fazer para entrar na posse da vida eterna? Disse-lhe então Jesus: Que é o que está escrito na lei? Como lês tu? Ele, respondendo, disse: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a sua alma, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. E Jesus lhe disse: Respondeste bem; faze isso, e viverás. Mas ele, querendo justificar-se a si mesmo, disse a Jesus: E quem é o meu próximo? E Jesus, prosseguindo no mesmo discurso, disse: Um homem baixava de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos dos ladrões, que logo o despojaram do que levava; e depois de o terem maltratado com muitas feridas, se retiraram, deixando-o meio morto. Aconteceu pois que passava pelo mesmo caminho um sacerdote; e quando o viu, passou de largo. E assim mesmo um levita, chegando perto daquele lugar, e vendo-o, passou também de largo. Mas um samaritano, que ia a seu caminho, chegou perto dele, e quando o viu, se moveu à compaixão: E chegando-se atou as feridas, lançando nelas azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, o levou a uma estalagem, e teve cuidado dele. E ao outro dia tirou dois denários, e deu-os ao estalajadeiro, e lhe disse: Tem-me cuidado dele; e quanto gastares demais, eu to satisfarei quando voltar. Qual destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões? Respondeu logo o doutor: aquele que usou com o tal de misericórdia. Então lhe disse Jesus: Pois vai, e faze tu o mesmo. (Lucas, X: 25-37)

              Fonte da imagem

              IMPORTANTE: Informamos aos nossos frequentadores que teremos reunião normalmente também na quinta-feira 29/dez. Tema “O maior mandamento”, com Tom Trajano.

                Postado em Diversos | Tagged , , | Seja o(a) primeiro(a) a comentar | 966 visualizações

                Página 7 de 191« Primeira...34567891011...Última »