Quantidade de leitores do nosso Feed

Receba nossas novidades digitando e cadastrando seu e-mail:


1 usuário navegando nesta página. Usuários: , 1 visitante,

Cristo influiu no I Ching e no Tao Te King

Psicografado em 1938, foi lançado no ano seguinte pela FEB

Em 1938, em “A Caminho da Luz” – excelente livro psicografado pelo fidedigno médium Francisco Cândido Xavier – o Espírito Emmanuel revelou-nos algumas informações que ainda hoje merecem reflexões entre os espíritas. Trouxe-nos ele que os chineses formam o povo mais antigo, entre as civilizações terrestres; que contavam com uma organização regular, milhares de anos antes da formação dos povos egípcio, hindu, judeu e indo-europeu.

O mentor de Chico diz mais que foi Jesus, o Cristo , na condição de Governador Espiritual da Terra – “antes de nós sermos Ele já era” – quem enviou missionários como Fo-Hi, Confúcio e Lao-Tsé que foram expoentes da sabedoria universal, atemporal, no meio dos chineses da pré-história e da antiga China. Deixaram eles belas lições de Espiritualidade para a posteridade. É por isto que devemos ser gratos ao Cristo-Jesus por ter planejado a encarnação de seres missionários, em todas as épocas da Humanidade. Eis, o trecho do capítulo VIII do livro emmanuelino, com grifos meus.

FO-HI
Jesus, na sua proteção e na sua misericórdia, desde os tempos mais distantes enviou missionários àqueles agrupamentos de criaturas que se organizavam, econômica e politicamente, entre as coletividades primárias da Terra.
As raças adâmicas ainda não haviam chegado ao orbe terrestre e entre aqueles povos já se ouviam grandes ensinamentos do plano espiritual, de sumo interesse para a direção e solução de todos os problemas da vida.
A História não vos fala de outros, antes do grande Fo-Hi, que foi o compilador de suas ciências religiosas, nos seus trigramas duplos, que passaram do pretérito remotíssimo aos estudos da posteridade.
Fo-Hi refere-se, no seu “Y-King“, aos grandes sábios que o antecederam no penoso caminho das aquisições de conhecimento espiritual. Seus símbolos representam os característicos de uma ciência altamente evolutiva, revelando ensinamentos de grande pureza e da mais avançada metafísica.
Em seguida a esse grande missionário do povo chinês, o Divino Mestre envia-lhe a palavra de Confúcio ou Kong-Fo-Tsé, cinco séculos antes da sua vinda, preparando os caminhos do Evangelho no mundo, tal como procedera com a Grécia, Roma e outros centros adiantados do planeta, enviando-lhes elevados Espíritos da ciência, da religião e da filosofia, algum tempo antes da sua palavra mirífica, a fim de que a Humanidade estivesse preparada para a aceitação dos seus ensinos.

CONFÚCIO E LAO-TSÉ
Confúcio, na qualidade de missionário do Cristo, teve de saturar-se de todas as tradições chinesas, aceitar as circunstâncias imperiosas do meio, de modo a beneficiar o país na medida de suas possibilidades de compreensão. Ele faz ressurgir os ensinamentos de Lao-Tsé, que fora, por sua vez, um elevado mensageiro do Senhor para as raças amarelas. Suas lições estão cheias do perfume de requintada sabedoria moral. No “Kan-Ing“, de Lao-Tsé, eis algumas de suas afirmações que nada ficam a dever aos vossos conhecimentos e exposições do moderno pensamento religioso: – “O Senhor dos Céus é bom e generoso, e o homem sábio é um pouco de suas manifestações. Na estrada da inspiração, eles caminham juntos e o sábio lhe recebe as idéias, que enchem a vida de alegria e de bens.”
Lao-Tsé, de cujos ensinamentos Confúcio fez questão de formar a base dos seus princípios, viveu seis séculos antes do advento do Senhor, e, em face dessa filosofia religiosa, avançada e superior, somos obrigados a reconhecer a prodigalidade da misericórdia de Jesus, enviando os seus porta-vozes a todos os pontos da Terra, com o objetivo de fazer desabrochar no espírito das massas a melhor compreensão do seu Evangelho de Verdade e de Amor, que o mundo, entretanto, ainda não compreendeu, não obstante todos os seus sacrifícios.”
———————————————-

Quem foram:

De 2010, drama relata parte da biografia de Confúcio

- Confúcio(551 a 479 a.C): é o nome latino do pensador chinês Kung-Fu-Tse ou Kung-Fu-Tzu. Foi a figura histórica mais conhecida na China como mestre, filósofo e teórico político. Sua doutrina, o Confucionismo, teve forte influência não apenas sobre a China mas também sobre toda a Ásia oriental. Eis alguns de seus pensamentos:

A vida é realmente simples. Nós é que insistimos em torná-la complicada.”

Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.”

O que você não quer para você mesmo, não faça aos outros.”

O silêncio é um amigo que nunca trai.”

“Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.”

“De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos.”

“Ser ofendido não tem importância nenhuma, a não ser que nos continuemos a lembrar disso.”

Tradução do brasileiro Huberto Rohden

- Lao-Tsé: também conhecido como Lao Zi, Laozi, Lao Tzu, Láucio, Lao Tzi, Lao Tseu ou Lao Tze. Foi um famoso filósofo e alquimista chinês que viveu entre os séculos VII e IVa.C. A ele é atribuída a autoria de uma das obras fundamentais do Taoísmo: o “Tao Te King“. A influência deste livro é tão disseminada que tornou-se na atualidade um dos livros mais traduzidos em todo o mundo. Eis um trecho:

Quando um estudioso mais sábio ouve falar no Tao,
Abraça-o com zelo.
Quando um estudioso médio ouve falar no Tao,
Pensa nele de vez em quando.
Quando um estudioso inferior ouve falar no Tao,
Ri-se às gargalhadas.
Se ele não risse
O Tao não seria o Tao (o Caminho).”

Traduzido por um alemão, estudioso da cultura chinesa, teólogo e missionário

Fo-Hi: é também conhecido como Fu Xi ou Fu Hsi ou Paoxi. Foi o primeiro dos Três Augustos da China antiga, que renunciou entre 2852-2737a.C. e é considerado um herói mitológico da cultura, atribuindo-se-lhe a invenção da escrita (também atribuída a Cangjie), pescaria e caça. A ele também é atribuída a origem do “I Ching – O Livro das Mutações”. Eis um trecho de um dos hexagramas:

“Assim como o caos tumultuado de uma tempestade traz uma chuva nutritiva que permite à vida florir, assim também nas coisas humanas tempos de progresso são precedidos por tempos de desordem. O sucesso vem para aqueles que conseguem sobreviver à crise.”

    This entry was posted in livros and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. 7.142 visualizações.

    One Response to Cristo influiu no I Ching e no Tao Te King

    1. Senhores(a) coordeno vários grupos de estudos na casa que pertenço em minha cidade de Dourados-MS, Centro Espirita Emmanuel; neste momento estamos estudando as obras de André Luiz e as obras Emmanuel, qual minha dificuldade devido ao tempo que é pouco pelo fato do trabalho do dia a dia; na verdade eu gostaria de adquirir esse material pra me ajudar no tempo que é pouco como disse, se poderem me ajudar mesmo tenha custo eu gostaria. Fraternal Abraços. Saenes

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

    Postagens relacionadas